Review Revenge 04x03 - Ashes



Depois de um Disclosure bombástico, Revenge volta para mais uma semana com um Ashes simplesmente cheio de cartas na manga. Não houve nenhuma hora em que fiquei calmo assistindo o episódio, ele foi muito elétrico em tudo. Não tem como não olhar para essa temporada de forma positiva, já que estamos no terceiro episódio e já aconteceu muita coisa, que pelo menos eu, não esperava.

O capítulo começa com Jack chegando no Stowaway, que não é uma garota, mas está pegando fogo, e vendo seu bar naquela situação. Ele quer entrar para poder apagar o fogo, usa uma porta lateral, já que um homem o impediu de entrar pela frente, e presencia o estado do lugar. Tudo está pegando fogo, não tem como fazer nada, ele olha uns retratos na parede e decide que seria legal resgatá-los, mesmo que ele corresse risco de vida. Really, Jack? É aí que ele vê Ems caída e a salva das chamas. Logo, além de dono de bar e policial, Jack também poderia atuar como bombeiro nas horas vagas, já que consegue passar entre o incêndio ileso.

Ems está sendo interrogada por um bombeiro por causa do incêndio. Ela disse que viu que o fogo tinha começado, entrou para tentar detê-lo, mas acabou que alguma coisa deve ter caído em cima dela e a feito desmaiar. Sim, Ems, essa coisa chamada hidrante na mão de uma irmã vingativa. Acaba que o bombeiro faz a última pergunta: ela estava sozinha? A idiota, que poderia se vingar agora de sua irmã diz que não tinha ninguém lá dentro. Sério, não sei de quem eu senti mais ódio, se foi da Charlotte ter feito isso ou a Ems proteger a Charlie.

Nolan está com muita raiva porque ele foi ver Emily no hospital e quando chegou, ela não estava mais lá. Ele a confronta e ela diz que fez um check-out de leve. Ele rebate com duas ótimas falas: “É um hospital e não um hotel” e “Você pode achar que é indestrutível, mas super-herois não ganham balões”. Sério, não tem como não rir do Nolan. Além disso, ele diz que Victoria está na área, mas Ems não quer saber dela, há um outro problema que ela deve resolver primeiro. Ai, Ems, se você soubesse…

David e Victoria resolveram que morar na bat-caverna que ele passou 20 anos da vida dele, não seria legal, logo eles procuram uma casa. Eles arrombam o que parecia ser a casa em que Victoria ficou escondida na segunda temporada, enquanto se fazia de morta. Ou seja, o templo dos mortos-vivos, pena que Conrad não está lá. Isso é claro, será passageiro, já que Victoria quer ir no dia seguinte falar com o banco para morar em uma casa legalmente e não como se fizesse parte dos sem-terra. David quer ir junto, mas ela não deixa, ele não pode se expor, ele tem que ficar ali escondido. PS: Nunca achei que veria Victoria Grayson de jaqueta jeans HUAHAUHAUHAHAUAH Épico.

Victoria vai falar com Daniel, e ele claro, recebe ela com infinitas vezes infinitas pedras na mão. Ela tenta convencê-lo de que não fugiu e o pede um auxílio, já que o governo congelou todas as contas que ela tinha. Ela quer que Daniel a ajude com um dinheiro que ele tenha conseguido pegar e esconder antes do governo travar tudo, já que isso é o que os Graysons fazem. Porém, Daniel não deve ser um Grayson, já que ele não fez nada disso e está na pindaíba também. Olha, está me dando uma pena dessa pobre família… Para terminar o encontro, ele despeja tudo o que Charlie está fazendo e Victoria fica horrorizada.

Quem estava ouvindo a conversa de Daniel e Victoria era Louise, a garota que Victoria conheceu na clínica Claremont, a melhor. Quando Vic sai andando pela cidade com sua bolsa de nordestina retirante, Louise vai atrás dela para dizer que ela chegou no fundo do poço, mesmo. Ela começa dizendo que saiu da clínica, o que Victoria nunca descobriria, se ela não dissesse, e que ela não tem ninguém e precisa de um lugar para ficar. Victoria chora sua miséria e diz que tem que cuidar de seus filhos, como se fossem dez e o mais velho tivesse 7 anos. Louise acaba deixando ela ir, mas não fica convencida.

Jack está no bar vendo o que dá para salvar depois da destruição naquelas cenas bem dramáticas mesmo, que quase fazem você soluçar de chorar #SQN. Até que o cara que disse para ele que não tinha ninguém dentro do bar, aparece e ele tira satisfação, já que Ems poderia ter morrido nessa brincadeira. Ele diz então que foi uma garota que saiu do bar, em chamas, e que falou isso. Logo, Jack associa que só pode ter sido a burra da Charlie, para dar uma mancada dessas.

Jack chama Ems para o bar para ela contar direitinho o que aconteceu lá. Ele toca direto no assunto: porque ela omitiu que Charlotte estava lá? Emily acaba contando a verdade e Jack não acredita que ela encobriu a irmã. Pela primeira vez, Jack, eu concordo com você! Ela diz que continuará com sua versão dos fatos e que prefere resolver isso sozinha. Ai, Ems, às vezes você me dá preguiça…


Matéria original de Brenno Tavares - PortalCaneca.com.br
comments powered by Disqus