Review Revenge 03x21 - Impetus



Depois de um Revolution chocante, Revenge volta para o penúltimo episódio da temporada com um Impetus que não só tirou o fôlego, mas simplesmente o pulverizou, fez ele sumir, desaparecer sem deixar rastro. É, de longe, o melhor episódio da série, não tem como negar. Nele chegamos no clímax de Revenge, e ele é tão bom que nos faz ansiar para que o próximo seja melhor ainda. 

O episódio começa já nos entregando o responsável pelo sequestro de Charlotte: Aiden. Eu gostei muito disso porque já de cara eles acabaram com um mistério que se alongaria pelo episódio em outros tempos. Quem acompanhou meus comentários na review passada sabe que não me surpreendi em ser o Aiden mandado através da Emily. Aliás, o britânico já pode virar sequestrador profissional, já que em dois episódios ele sequestrou duas pessoas. 

Victoria está de luto pela morte do seu noivo. Ela está na praia e começa a conversar com Daniel de forma triste. Ela acaba dizendo que Conrad e Emily vão pagar sobre a morte de Pascal. Daniel a questiona sobre Emily estar envolvida. Ela diz que viu Emily agindo estranho na festa e ainda ligou os pontos e acha que Emily se passou por Rebeca Stone para enganar Pascal. Daniel então diz que vai dar uma conferida nisso. PS: Parabéns, Jéssica Pimentel, você estava certa na proposição que fez nos comentários da review passada. 

Enquanto isso, Margaux conversa com o detetive encarregado pela investigação da morte e ele diz que pelo interrogatório, Pascal se desequilibrou e caiu na hélice. Porém, ele acha estranho que Pascal tivesse usando uma escuta. Margaux diz que ele fazia isso com pessoas que ele não confiava e Conrad estava no seu top 10 de pessoas que não se deve confiar.

Emily entra em contato com Conrad através de um software de mudança de voz. Apenas digo que na minha época a gente colocava um pano na boca, comprava um megafone ou algo que distorcia a voz que saía da nossa boca, rs. Nolan chega no cativeiro e acha que aquilo é demais, que a Emiy não poderia estar fazendo isso com a irmã. Jack liga para ele, já que está sabendo através de Javier que Charlotte sumiu. Diante da vontade de Nolan de falar com Jack, Emily dá um ultimato e diz que aquilo só irá acabar com os Graysons presos. 

Vamos lá: Jack já tinha dito que queria fazer parte da vingança, por que deixar ele de fora? Eles sabiam que Charlotte e Jack são muito ligados. Por que não avisar o cara, ou até fazer ele entrar no esquema para que ele não melasse tudo? Tem algumas coisas que não consigo entender, sinceramente. 

Daniel chega no escritório da Margaux e vê que ela está vendo uma fita de segurança. Ela explica a conversa que teve com o detetive. Daniel logo conclui que ela acha que Conrad matou Pascal e confidencia que acha isso também. Margaux diz que todas as câmeras do heliporto estavam desligadas no momento, mas conseguiu uma imagem de alguém descendo as escadas depois da morte de seu pai. É claro que Daniel sabia quem era, mas botou o cínico em mode on e se fez de sonso.

Conrad liga para um dos seus capangas e Nolan consegue interceptar a ligação. Fazendo valer o que o ameaçador disse, por causa disso, Conrad recebe uma gravação de Charlotte sendo maltratada e sua orelha em uma caixa. É claro que eu sabia que não era a verdadeira orelha dela, né? Emily não faria isso nunca. Já a gravação foi feita através de uma alteração do código do MyClone feito pelo Nolan. Como sempre, impecável. PS: Só eu notei que a música de quando o Conrad está prestes a ver a orelha falsa se parecia MUITO com a música de congelamento da Avenida Brasil? Sério, eu até esperei ver a orelha congelada e que começasse a tocar Oi, Oi, Oi! HAUAHUAHUAHUAHUAHA (A editora se mete de novo: Brenno, o que diabos é essa fixação com Avenida Brasil? Sério, atualiza que já é quase 2015. E como tu se lembra da música de congelamento dessa novela? E o que diabos é uma música de congelamento?)

Nolan pergunta uma coisa para a Emily que eu nunca havia pensado: o que ela fará quando tudo acabar? Quando ela se vingar de todos, como agirá? Nem mesmo ela sabe. Ela explica que criou Emily Thorne para ser um robô, para que ela não sentisse nada. Ela não tem ideia de como se encontra a Amanda agora. No fundo, eu acredito que a Amanda morreu faz tempo. Depois de tudo que ela passou como Emily Thorne, não tem como ela apagar tudo e voltar a ser Amanda normalmente. Me deu muita pena dela nesse momento. 

Olha quem apareceu! Quase não acreditei. Pequeno Carl aparece chorando e logo aparece Victoria para cuidar da criança, já que ela é uma alma muito boa. Deu medo dela pegar a criança e sair correndo, mas acho que para o Jack não sentiria muita diferença. A criança está aos berros e a babá – que finalmente apareceu – pergunta se aconteceu algo. ALOU, você foi contratada para cuidar da criança. Ela está chorando, logo aconteceu algo! 

Enquanto isso Victoria pega o sangue de Carl em um lenço. Se fosse uma psicopata – em um nível mais avançado – poderia ter passado AIDS ou alguma doença transmissível pelo sangue para a criança. Victoria fala para a babá que gostaria de falar com Jack e ela diz que ele está no trabalho. Eu sei que isso foi para se desvencilhar da babá, mas dica Victoria: se for procurar Jack, comece procurando bem longe do Carl. As chances de você encontrar são altíssimas. PS: ela chamou o Carl de ratinho, produção? Só eu lembrei do Félix chamando a Paulinha de ratinha?? HAUHAUHAUAHUAUAHA 

Gente, as coisas estão difíceis para a Charlotte. A atriz dela trabalhou em um episódio mais do que trabalhou na série inteira. Christa B. Allen pode mostrar finalmente uma boa atuação, já que foi dada a oportunidade para ela. Emily começa a passar vídeos e fotos sobre a queda do voo 197, incriminando Conrad e Victoria. Ela quer ensinar a Charlotte a história certa. Eu gostei muito disso, mas imagino que foi um choque muito grande para a Charlie. Ems pegou meio pesado nisso.

De repente, eis que chega Jack e nessa hora eu pensei: fuuuuuuuuuu. Pequena observação: eles sequestraram uma pessoa e estão em um cativeiro, então eles deixam a porta ABERTA para qualquer um entrar? Depois de parar de pensar fuuuuuuu, comecei a pensar: que comece o mimimi do Jack. E ele começou como se o personagem não tivesse mudado. Parecia o mesmo Jack de Fear com todos os questionamentos. O pior é que ele chegou lá com a ajuda do Javier, o cara que traiu Nolan. Sério, cadê alguém para dar um choque de realidade nele? 

Aiden resolveu pegar o mimimi do Jack, porque agora mimimi pega. Ele diz que vendo a Charlotte, ele pensa na sua irmã. OK, Aiden é parecido, mas não é igual, tá? É como você dizer que Avenida Brasil e Revenge é a mesma coisa e definitivamente não é! Emily diz que vai na farmácia e Jack quer ficar, falando grosso que se ele não ficar, ele vai contar tudozZzZZz. Eu esperei o momento em que Aiden ia partir para cima dele e eles iam brigar até a morte, mas não aconteceu. O que aconteceu foi que Emily mandou a real para os dois: ninguém protegeu ela quando ela tinha nove anos e passou por coisas piores. Charlotte tem vinte anos e não corre perigo nenhum.


Matéria original de Brenno Tavares - PortalCaneca.com.br
comments powered by Disqus