Review Revenge 03x15 - Struggle



Depois de Payback trazer Revenge de volta do hiatus com um episódio muito bom, Struggle consegue melhorar o nível e ir além. Eu me senti na primeira temporada com revelações, flashbacks e muita trollada que só os roteiristas dessa série conseguem fazer. Além disso, esse episódio é um daqueles decisivos onde plots são fechados e outros são abertos, mudando o rumo e a direção da história.

Começamos com Emily em mais um blackout destruindo o símbolo do infinito. Eu achei ela completamente louca nessa parte porque era como se ela estivesse atacando o tão idolatrado pai. Ela então, se encontra com o Nolan que quer ajudá-la, mas Ems só quer terminar toda sua vingança antes que ela acabe com si mesma. Com isso, ela fala a frase já famosa “I’m gonna to kill them all” e sai pela porta com uma faca de pão. Tipo, cadê a Emily que tinha os planos mais mirabolantes?

Nolan preocupado com tudo isso, vai pedir a ajuda de Aiden porque ele acha que o Aiden é o único que pode fazer ela voltar a si. Aí nós nos perguntamos quem seria o mais importante, Jack ou Aiden? Em Homecoming, Jack fez Amanda Clarke lembrar de todo seu passado. Por que agora o britânico seria o único escolhido para ajudar Emily?

Acho que tenho a resposta. Em Homecoming, Emily não se lembrava de quem era, nem de nada. Jack representava a volta ao passado desde a infância, desde Amanda Clarke. Agora, ela sabe quem é, mas esqueceu toda sua vingança, esqueceu todo o rumo de sua vida que ela traçou ao procurar Takeda. Por isso, o elo mais forte é o Aiden. Jack representa o lado Amanda Clarke dela, enquanto Aiden representa o lado Emily Thorne. E aí, Jamilys e Aimilys, que lado ela escolherá no final?

Na parte da série “já acabou seu tempo aqui”, temos Patrick arranjando briga ao ir em uma espécie de homenagem ao seu pai. O filho de Victoria quer morrer, está desmotivado o coitado. Ele tá parecendo que saiu do comercial da Narcisa: “que cara chato, sem criatividade, sem vontade de viver!”. Sério, Patrick, seu tempo já esgotou, mas infelizmente temos ainda mais um pouco dele aqui, que vou deixar mais pro final.

É sempre bom ver dois personagens icônicos se encontrando e isso aconteceu nesse episódio. Victoria vai ao encontro de Nolan por causa do drama que seu filho está vivendo. Ela confronta o hacker dizendo que por causa do joguinho dele, o filho dela está sofrendo. PERA, LÁ! Cadê o Nolan pra dizer: “Em primeiro lugar, você usou seu filho para conseguir roubar uma coisa minha e ele me deu uma pancada na cabeça! Você não acha que é a culpada de tudo?”. Seria a primeira coisa que eu diria, eu hein… A mulher usa o filho para conseguir a Galeria, para conseguir documentos da Ems e é ele que faz joguinho? Please, sweetheart, don’t force the bar!


Matéria original de Brenno Tavares - PortalCaneca.com.br 
comments powered by Disqus